Arquivos prestação de contas - Associação dos Agentes Penitenciários da Paraíba

Tags:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DA ASSOCIAÇÃO DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS DO ESTADO DA PARAÍBA-(AGEPEN-PB)

 

A assembleia de prestação de contas referente ao último semestre, referente a janeiro de 2019 à junho do mesmo ano, ocorrerá dia 11 de junho de 2019 às 08:00 horas no Clubjob, que se encontra na Avenida Senador Ruy Carneiro, 115-Brisamar, João Pessoa-PB. (edital em anexo)

 

 

Marcelo Gervásio Moura da Silva

Presidente em Exercício da AGEPEN-PB

 

Valdicélio da Silva Lopes

Presidente do Conselho Fiscal

COMUNICADO IMPORTANTE AOS SÓCIOS DA AGEPEN-PB

Prestação de Contas Simplificada e Necessidade de Aumento na Mensalidade

 

A Associação dos Agentes Penitenciários da Paraíba, vem prestando aos seus associados um relevante serviço aos associados com a assistência jurídica total e irrestrita para fatos ocorridos após a filiação. Os nossos associados contam com a nossa equipe jurídica para infortúnios na esfera Administrativa (processos administrativos, sindicâncias e requerimentos), Penal (tanto no trabalho como fora dele), Cível e tantas outras áreas do Direito. Não é irrelevante lembrar que mantemos um criterioso controle sobre o atendimento jurídico. 
 

Entretanto, a nossa receita mensal vem girando em uma média aritmética de R$ 9.000(nove mil reais), onde R$ 4.000 estamos gastando com os advogados funcionários, R$ 1.000 com advogados parceiros para diligencias pontuais (principalmente no Sertão do Estado), por conta de não termos o código para desconto em folha próprio (muitos também não tem margem) gastamos cerca de R$ 1.700 mensais com a geração de boletos e encargos bancários altíssimos, gastamos em torno de R$ 1.000 mensais com o pagamento de pessoal(geração de boletos, cobrança e manutenção do site), gastamos uma média aritmética de R$1.100 de combustível com deslocamento de advogados e diretores em missão da AGEPEN-PB,  uma outra despesa importante e que nós consideramos fundamental que é a doação de R$ 400 mensais para a fisioterapia do ASP Alberto, antigo diretor de Solânea que se encontra tetraplégico. 
 

Informo aos associados que já fui comunicado por nossos advogados sobre um pleito que nós consideramos justo, solicitam um aumento mínimo de 25% nas suas remunerações, é fato que o que a AGEPEN-PB paga aos mesmos pelo excelente serviço prestado é um valor bem abaixo do mercado. Temos a sorte de ter uma equipe muito boa de juristas nos assessorando, no último mês tivemos a necessidade de contratar mais um advogado especialista em Direito Penal devido ao crescimento da demanda, ou seja, o gasto com o jurídico cresceu ainda mais.
 

Observamos que algumas entidades que prestam o mesmo serviço de assistência jurídica que nós prestamos, cobram valores que variam entre R$ 60,00 e R$ 85,00, boa parte das vezes sem o mesmo zelo e cuidado com os associados que nós temos. Ontem em um debate virtual, no grupo de sócios da AGEPEN-PB, entramos em consenso que a mensalidade passaria a R$ 43,00 já a partir da próxima.
 

Com o aumento do orçamento esperamos ter recursos para ir à luta em Brasília pela PEC 372, que é inadiável e teremos muito trabalho na Câmara Federal até a aprovação, com o fim do imposto sindical não contamos mais com a ajuda financeira das Federações nos custos da viagem.

 

Marcelo Gervásio Moura da Silva
Presidente Executivo
AGEPEN-PB

REUNIÃO DO DIA O9 DE MARÇO COM O GERENTE DA GESIPE

No dia de hoje nos reunimos com o Gerente da GESIPE, João Paulo, para tratar de alguns temas ligados a gestão e de interesse de toda a categoria, como: maior atenção as unidades do sertão do Estado, organização interna dos plantões extras, armamento, registro e renovação de registro de armas.

No que diz respeito aos plantões extras cobramos uma maior fiscalização para evitar favorecimentos indevidos de alguns em detrimento da coletividade. Solicitamos justiça e igualdade de condições ás agentes femininas para tirarem os plantões extras, entendemos que não deve haver distinção ou acepção por conta do gênero, solicitamos que fosse dado uma maior atenção a resolução desse problema, tendo em vista de que estamos recebendo muitas reclamações por todo o Estado.

Mês passado a AGEPEN-PB protocolou ofício na SEAP solicitando a adequação da declaração para aquisição de armas e renovação do registro, informamos aos colegas que já está sendo emitida a declaração na GESIPE. Cobramos uma definição na compra das 700 pistolas, tendo em vista de já dura quase três anos o andamento de tal processo, inclusive nos colocamos a disposição para formar uma comissão da associação para acelerar a compra.

Mais uma vez foi feito contato com o senhor Paulo Meira da SEAD e o mesmo confirmou que para quem não recebeu os extras sairá o pagamento até a próxima terça, para quem já recebeu uma parte receberá o restante no pagamento de março. João Paulo afirmou que faria um estudo para adequar os plantões extras para as mulheres, lembrou que em algumas unidades de João Pessoa já estão tirando normalmente e que uma possível alternativa seria a liberação de cotas para os presídios femininos de Campina Grande e de João Pessoa.

A questão da compra das pistolas garantiu que ele mesmo em pessoa cobraria isso diariamente aos responsáveis pelo processo. Firmou-se o entendimento de que mensalmente teremos uma reunião entre a gerência e as entidades, a AGEPEN-PB solicitará que sempre que possível o Secretário da SEAP também faça parte do encontro.

Quanto a reunião com o Governo para discutir a nossa contraproposta ainda não aconteceu, mas esperamos definir até a próxima quarta-feira.
 

 

Marcelo Gervásio
Presidente Executivo
AGEPEN-PB