NOTA DE REPÚDIO À TV TAMBAÚ

NOTA DE REPÚDIO À TV TAMBAÚ
outubro 23 16:20 2016

A Associação dos Agentes Penitenciários da Paraíba – AGEPEN-PB, vem a público demonstrar repúdio e indignação ao veículo de comunicação TV Tambaú, por permitir que seus profissionais comunicadores extrapolem a sua competência precípua, que é a de informar, e se concentrem em fazer pré julgamentos totalmente desinformados, desrespeitosos e caluniosos.
Estamos aqui nos referindo ao fato ocorrido no Programa Casos de Polícia, do dia 22.10.2016, quando o comunicador Rubens Júnior (ouvir o aúdio), demonstrando total ignorância do que preceitua a Lei 10.826, Lei do Desarmamento, que assegura aos agentes penitenciários o direito de portar arma de fogo fora do serviço, teceu comentários errôneos, caluniosos e infelizes sobre a conduta do agente penitenciário Francisco Josemar, profissional honrado, dedicado e de conduta ilibada que teve sua vida tragicamente ceifada quando estava em seu momento de lazer.
Comentários estes que ofenderam não só a honra do companheiro morto, mas a dos homens e mulheres de bem que compõe esta categoria e arriscam suas vidas para garantir que cidadãos, como o comunicador, possam viver tranquilamente e no gozo de seus direitos.
Ora, uma empresa cujo objetivo é transmitir informação de forma séria, deveria policiar e exigir dos seus profissionais um conhecimento prévio daquilo que é falado.
Exigimos da TV Tambaú uma retratação pública, pois não somos foras da lei e temos direito a portar arma onde quer que estejamos, seja no trabalho ou lazer.
Nossa profissão é a segunda mais perigosa do mundo, lidamos com aqueles que a sociedade rejeitou e temos o direito de andar armados para garantir a segurança do nosso maior bem: nossa vida.

 

AGEPEN-PB

 

Escreva um comentário

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Seja o(a) primeiro(a) acomentar!.

Comente

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa.
Todos os campos são necessários.