NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ASSOCIAÇÃO DOS POLICIAIS PENAIS DA PARAÍBA - Associação dos Agentes Penitenciários da Paraíba

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ASSOCIAÇÃO DOS POLICIAIS PENAIS DA PARAÍBA

Publicado em: fevereiro 20, 2020

Categoria: Notícias


A presente nota refere – se a um áudio vazado de forma maldosa de um grupo interno de policiais penais do Estado da Paraíba. No áudio, que foi tirado do contexto, dá a entender aos ouvintes menos informados que, a Associação dos Policiais Penais do Estado da Paraíba, na pessoa do seu presidente, Wágner Falcão, estaria de alguma forma trabalhando contra o movimento reivindicatório dos policiais civis e militares do nosso Estado.

Cabe ressaltar que a Associação dos Policiais Penais da Paraíba, deseja aos policiais civis e militares do nosso Estado sucesso no pleito, pois, sabemos o quanto é importante neste momento a tranquilidade e o bom senso, tendo em vista, que a união das forças de segurança é fundamental para a paz social de toda a Paraíba.

Quanto ao trecho do áudio em que Wágner se refere ao fato de assumir uma viatura com alguns policiais penais, é lógico e evidente que estaria falando no sentido de reforçar a segurança dos presídios, só um maldoso ou ébrio intuiria que em uma só viatura teríamos condições de substituir as nossas coirmãs. É importante que todos enxerguem com cautela o momento de dificuldade e tensão, sim, é bem provável que por conta da preocupação, emoção ou o cuidado com a integridade física dos nossos associados, algumas palavras não tenham sido felizes.

Portanto, a Associação dos Policiais Penais do Estado da Paraíba, na pessoa do seu Presidente e toda a direção, vem a público, deixar claro, o nosso NÃO desejo de atrapalhar as justas reinvindicações da briosa Polícia  Militar do Estado da Paraíba e da nossa Polícia Civil que por vezes já foi considerada a mais eficiente do Brasil. Por fim, ficam aqui os nossos votos de grande estima, consideração, desejo de que tudo termine bem e que os trabalhadores policiais do nosso honrado Estado possam num futuro breve terem um salário digno, compatível com a média nacional.

 

 

ASPPEN-PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *