GOVERNADOR DA PARAÍBA ESQUECE OS AGENTES PENITENCIÁRIOS

GOVERNADOR DA PARAÍBA ESQUECE OS AGENTES PENITENCIÁRIOS
fevereiro 14 21:35 2017

No dia de hoje, 14 de fevereiro de 2017, o Governador do Estado da Paraíba, Ricardo Vieira Coutinho, citou os percentuais de aumento para diversas categorias como a Polícia Civil e a Policia Militar, mas não fez nenhuma menção aos agentes penitenciários, não ressaltou se os mesmos estariam enquadrados nestes percentuais ou quais seriam trazendo com isso uma grande preocupação e um mal estar entre a categoria.

Em seu último programa de rádio o Governador fez um pronunciamento declarando que chamou ao diálogo só as entidades “do bem”, deixando a entender que as que fossem do lado contrário não seriam chamadas, no sistema penitenciário da Paraíba temos mais de uma entidade, entre associações e sindicatos, todas elas têm a sua própria postura, algumas com uma postura mais combativa e outras mais pacatas, mas não se verifica nenhuma assinando o suposto acordo com o Governo, esta entidade, ainda que não fosse convidada, mas ao menos sentiria um pouco de respeito por parte do governador se quaisquer das existentes estivessem representando a categoria.

Mencionamos que as coisas ficaram obscuras para nós, causando um desconforto muito grande em nosso meio na tarde de hoje, bom seria que o Governador se pronunciasse nos tranqüilizando já que sabemos que dificilmente seremos chamados, ou até mesmo por meio do Secretário da SEAP, Wagner Dorta , deixando claro a todos de que forma seremos enquadrados nisso tudo.

Temos ciência da nossa responsabilidade e não é o nosso desejo causar tumulto ou qualquer tipo de instabilidade, por isso solicitamos com veemência que tudo seja esclarecido o mais rápido possível.

 

Marcelo Gervásio
Presidente Executivo
AGEPEN-PB

Escreva um comentário

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Seja o(a) primeiro(a) acomentar!.

Comente

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa.
Todos os campos são necessários.